o que é batalha espiritual - como vencer

Você foi criado para ter vida, e vida em abundância! (João 10:10)

Essa vida é dada por Jesus Cristo para todo aquele que N’ele crê. Mas há uma batalha espiritual que todo homem, uma hora ou outra, irá enfrentar. Nessa luta, as forças das trevas tentam nos impedir de nos aproximar de Cristo.

O termo “batalha espiritual” não está explicito na bíblia, mas é verdade que o conceito é fortemente mencionado ao longo das escrituras.

A origem da batalha espiritual

Para entendermos o que é batalha espiritual, precisamos compreender como foi a origem do conflito carne versus espírito.

E tomou o Senhor Deus o homem, e o pôs no jardim do Éden para o lavrar e o guardar.
E ordenou o Senhor Deus ao homem, dizendo: De toda a árvore do jardim comerás livremente,
Mas da árvore do conhecimento do bem e do mal, dela não comerás; porque no dia em que dela comeres, certamente morrerás.

Gênesis 2:15-17

Deus criou o homem e a mulher e os colocou no Jardim do Éden. Eles eram livres e possuíam tudo que precisavam para viver. A única ordem que foi dada por Deus era de não comer do fruto proibido (Gênesis 2:15).

Logo a seguir do texto acima, é relatado que a esposa de Adão, Eva, foi tentada pela serpente. A bíblia afirma que a serpente era mais sagaz que todos os animais selvagens criados por Deus.

Vemos aqui a primeira batalha espiritual da história da humanidade. A primeira tentativa de Satanás de afastar o Homem dos planos perfeitos de Deus.

Outras batalhas espirituais na Bíblia

Ao longo do antigo testamente vemos algumas passagens que nos relatam batalhas espirituais. Mas é no novo testamento que podemos ter uma noção mais profunda sobre o assunto.

O apóstolo Paulo foi a pessoa que com mais frequência citou este assunto nas escrituras. Diversas vezes usou termos como “luta”, “milícia” e “ciladas do diabo”.

Ao fim da sua vida ainda citou: “Combati o bom combate, acabei a carreira, guardei a fé“ (2 Timóteo 4:7).

O próprio Jesus foi tentado por Satanás. Podemos lembrar a passagem onde “Ele foi conduzido pelo Espírito ao deserto, para ser tentado pelo diabo.” Mateus 4:1

Ele ainda alertou seus discípulos a estarem atentos espiritualmente para não cederem à tentação, através da vigilância e oração. Por isso Jesus diz: “Vigiai e orai“ (Mateus 36:41).

O que é uma batalha espiritual?

Agora, precisamos entender uma coisa muito importante: Nem toda batalha que enfrentamos é contra Satanás e suas obras.

Infelizmente, acabamos vendo dois erros dentro das igrejas. A primeira vertente simplesmente ignora Satanás e o seu propósito. O próprio versículo que iniciamos esse assunto (João 10:10) nos mostra que o diabo veio para “…para roubar, matar e destruir…“.

Já Pedro nos mostra claramente as intenções do inimigo:

Estejam alertas e vigiem. O Diabo, o inimigo de vocês, anda ao redor como leão, rugindo e procurando a quem possa devorar. Resistam-lhe, permanecendo firmes na fé, sabendo que os irmãos que vocês têm em todo o mundo estão passando pelos mesmos sofrimentos.

1 Pedro 5:8-9

Ignorar essa realidade é um erro e nos leva á uma vida incompleta daquilo que temos que fazer para termos um vida plena aqui na terra.

Mas ao contrário do que muitos pensam, a estratégia do diabo não é trazer glória para si, é trazer glória para o Homem. Vamos voltar ao nosso texto sobre Adão e Eva.

Mas do fruto da árvore que está no meio do jardim, disse Deus: Não comereis dele, nem nele tocareis para que não morrais.
Então a serpente disse à mulher: Certamente não morrereis.
Porque Deus sabe que no dia em que dele comerdes se abrirão os vossos olhos, e sereis como Deus, sabendo o bem e o mal.

Gênesis 3:3-5

Reparem que a serpente convence à mulher que a melhor coisa para fazer na sua vida é tentar ser com Deus. Além disto ser impossível, nós não fomos criados para isso. A nossa felicidade eterna depende daquilo que fomos chamados. O fruto dessa atitude foi uma vida infeliz, longe do seu propósito e longe do amor de Deus.

Portanto, Batalha espiritual é a batalha pela sua própria santificação diante de Deus

Como vencer uma batalha espiritual?

A grande notícia é que esta é uma batalha onde já sabemos o vencedor: Jesus! Cristo ressuscitou dentre os mortos e não há mais condenação aos que estão N’ele.

A obra de Cristo é perfeita e suficiente. Não é o cristão que destrona os espíritos malignos, porque eles já foram despojados por Cristo. Então podemos dizer que de certo modo lutamos numa guerra vencida e contra um inimigo derrotado.

Porém nós não podemos esquecer que há uma parcela nossa de responsabilidade. Todos temos inclinação ao pecado e precisamos lutar contra esses desejos (Gálatas 5:16-17). Apocalipse 12:12 nos mostra que apesar de derrotado, o diabo não desiste de nos tentar e acabar com os planos de Deus.

Jesus, após vencer na cruz, disse que ele iria subir aos céus mas deixaria o Consolador, o Espírito Santo (João 14:16). Através do Espírito temos poder para resistir as investidas de Satanás.

Paulo, ao ensinar à igreja de Éfeso afirma:

Revesti-vos de toda a armadura de Deus, para que possais estar firmes contra as astutas ciladas do diabo.

Efésios 6:11

Logo a seguir, Paulo deixa muito claro que a armadura de Deus não consiste em rituais, pensamento positivo ou qualquer outra coisa que fuja da centralidade de Cristo.

A armadura de Deus

Estai, pois, firmes, tendo cingidos os vossos lombos com a verdade, e vestida a couraça da justiça;
E calçados os pés na preparação do evangelho da paz;
Tomando sobretudo o escudo da fé, com o qual podereis apagar todos os dardos inflamados do maligno.
Tomai também o capacete da salvação, e a espada do Espírito, que é a palavra de Deus;

Efésios 6:14-17
  • O cinto da verdade – No contexto romano da época, o cinto tem a finalidade de unir a armadura e dá o equilíbrio para o corpo do soldado. Conhecer a verdade é essencial para não sermos levados por emoções e situações momentâneas.
  • A couraça da justiça – Ela protege o coração. Jesus nos justificou; agora estamos do lado da justiça!
  • Os pés calçados na preparação do evangelho da paz – Quando caminhamos sem calçados, uma hora ou outra nossos pés sentirão o desconforto disto. O Evangelho é o conforto para o nosso caminho. A palavra de Deus é o guia que nos conduz em movimento em direção ao Deus amoroso.
  • O escudo da fé – A fé é a convicção de algo que não podemos enxergar no momento (Hebreus 11:1). A nossa fé nos protegerá das mentiras lançadas contra a nossa vida. Deus já preparou um caminho perfeito para cada um de nós (Efésios 2:8).
  • O capacete da salvação – A batalha espiritual não é somente uma questão de emoções, mas também de intelecto. Assim como o capacete guarda a cabeça, a confiança na salvação também guarda nossa mente e nossos pensamentos.
  • A espada do Espírito, que é a palavra de Deus – Uma armadura sem uma arma de ataque é incompleta. A palavra de Deus é poderosa não somente para se defender mas para atacar as obras do inimigo.

Portanto, a batalha espiritual é algo que todo homem terá que enfrentar. Damos glória a Deus porque N’ele encontramos conforto para nossa alma e tudo o que precisamos para achar a verdadeira paz. Amigo leitor, tenha a alegria neste momento. A salvação da tua alma está mais perto. Jesus te chama para uma vida de abundância, recebendo mais alegria e paz, do que jamais teria imaginado que poderia receber.


Esperamos ter te ajudado a esclarecer sobre batalhas espirituais e ter te levado mais perto da única fonte de vida eterna: Jesus.

Se tiver alguma dúvida de como se aproximar de Deus, ou simplesmente se quiser conversar, no envie um e-mail para contato@deuseterno.com ou entre em contato pelo formulário. Teremos o prazer de te ajudar.

Que Deus abençoe a tua vida!

Deixe uma resposta