Como saber se eu blasfemei contra o espirito santo?

“Eu asseguro que todos os pecados e blasfêmias dos homens lhes serão perdoados, mas quem blasfemar contra o Espírito Santo nunca terá perdão: é culpado de pecado eterno”.

Marcos 3:28-29

O texto acima é muito claro com relação ao que seria o pecado que não possui perdão. Por causa disso, muitos se preocupam se realmente blasfemaram contra o Espírito Santo e assim sentenciaram a sua vida longe do reino de Deus e da eternidade. Será o que o pecado que cometi me levará a perder a salvação? Vamos juntos entender o que seria esse pecado imperdoável.

O que é blasfêmia?

Precisamos primeiro entender o que significa o ato de blasfemar.

Em resumo, Blasfêmia é a difamação do nome de Deus. Isto pode incluir o uso de nomes sagrados em expressões vulgares ou imprecações, sem a intenção de orar, ou falar de assuntos sagrados sem reverência. Às vezes a palavra blasfémia é usada para significar qualquer insulto religioso.

A blasfêmia contra o Espírito Santo

Vamos então estudar o texto acima, de Marcos 3:28 e ver o contexto que a fala de Jesus se enquadra.

Primeira coisa a se observar é que Jesus não usou o nome de Deus ou sequer seu próprio nome para associar à um insulto imperdoável. Ele usou o nome do Espírito Santo, e isso tem um propósito.

Mas antes de explicarmos isso, vamos contextualizar o texto que lemos acima.

Os fariseus tinham acusado Jesus de expulsar demônios pelo poder de Belzebu, o príncipe dos demônios. Jesus lhes explicou que isso não fazia sentido, pois Satanás não trabalha contra si mesmo. Jesus também avisou que só há dois lados: quem não está com ele está contra ele (Mateus 12:30-31). Depois ele afirma que todo o pecado, exceto a blasfêmia contra o Espírito Santo, seria perdoado.

A função do Espírito Santo

O Espírito Santo aponta para Cristo! Se o Filho veio para glorificar o Pai, o Espírito vem para glorificar o Filho.

Através dEle também recebemos os dons espirituais, distribuídos a cada membro da igreja como lhe agrada (Romanos 12.6-8). É função o Espírito a distribuição conforme a sua vontade e de acordo com o ministério que cada pessoa exercerá.

Apesar de ser o Espírito Santo que faz milagres, sinais e distribui dons por meio dos seus discípulos, vemos que a ênfase do seu ministério não é essa.

A função do Espírito Santo é convencer do Pecado, da Justiça e do Juízo e nos levar ao arrependimento. Guarde bem essa palavra pois ela é fundamental para o nosso entendimento.

Para ser salvo, a pessoa precisa se arrepender dos seus pecados (João 16:7-8; Atos 3:19-20)

Por isso Jesus utiliza a figura do Espírito Santo para nos explicar o único ato de não teria perdão, pois somente através dEle é que nos recebemos a comunhão com Cristo. Todo aquele que não crê na obra do consolador não é digno de se achegar ao Pai e ao Filho.

Quem blasfema contra o Espírito Santo não pode ser perdoado porque rejeita a convicção do Espírito e o arrependimento. Rejeitar o arrependimento é blasfêmia porque insulta Deus, que deu tudo para trazer a salvação e a libertação do pecado.

Como saber se eu blasfemei contra o Espirito Santo?

Entendendo o que realmente é a blasfêmia, chegamos ao ponto de grande alegria para o nosso coração!

Sim, isso mesmo, tenha alegria nessa hora pois se você pesquisou por este assunto e realmente está preocupado com sua vida com Cristo, a resposta para a pergunta acima é NÃO!

Se você já sentiu mal por um possível insulto contra o Espírito de Deus é porque está arrependido genuinamente, dando provas que já recebeu o Espírito Santo.

Apostasia

Portanto uma pessoa que blasfema contra Deus, não sente um desejo de arrependimento, nem qualquer preocupação com suas atitudes. A blasfêmia contra o Espírito Santo é uma rejeição contínua contra Deus.

Os apóstolos de Jesus usaram o termo apostasia para classificar a conduta dos fariseus, no texto de Marcos que lemos acima. Apostatar é abandonar a fé que alguns diziam ter, mas que na verdade nunca tiveram. Os fariseus eram indivíduos que aparentemente conheciam a Deus, mas negavam Jesus como Messias. No fundo, nunca tiveram comunhão com Deus.

Ou seja, não é um ato isolado e sim uma vida sem qualquer apreço para as coisas que agradam o coração de Deus.

Jesus não rejeita quem O busca. Pelo contrário, temos vida, e vida em abundância!

“Todo aquele que o Pai me der virá a mim, e quem vier a mim eu jamais rejeitarei.”

João 6:37

Reflita sobre sua vida com Deus

É claro que isto não nos pode trazer frutos ruins, saber que somos salvos e de que não cometemos o pecado imperdoável, terá que nos levar á uma vida de cada vez mais intimidade com Deus.

É por isso que recomendamos alguns exercícios diários para fazermos no momento da oração:

  • Estou convicto da obra através do Espírito Santo?
    Como já vimos, alguém que já entregou sua vida a Jesus, nunca cometerá o pecado imperdoável, visto que nele habita o Espírito Santo (1 Coríntios 6:19). Mas é muito importante nos “desenvolvermos a nossa salvação” como mencionado por Paulo à igreja em Filipos (Filipenses 2:12-13).
  • Estou arrependido dos pecados que cometi? Assim como ensinado na oração “Pai nosso”, devemos sempre sondar o nosso coração e ver se não há algo oculto que desagrade o coração de Deus.

Amigo leitor, tenha a alegria neste momento. A salvação da tua alma está mais perto. Jesus te chama para uma vida de abundância, recebendo mais alegria e paz, do que jamais teria imaginado que poderia receber.

Esperamos ter te ajudado a esclarecer o tema “como saber se blasfemei contra o Espirito Santo” segundo a única fonte de vida eterna: A palavra de Deus!

Se tiver alguma dúvida de como se aproximar de Deus, ou simplesmente se quiser conversar, no envie um e-mail para contato@deuseterno.com ou entre em contato pelo formulário. Teremos o prazer de te ajudar.

Que Deus abençoe a tua vida!

Deixe uma resposta